quinta-feira, 14 de junho de 2007

MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL



Olá,
Hoje trago um texto sobre música que usei em 2006, com as professoras na Escola Municipal Bárbara Ottoni, onde sou Coordenadora Pedagógica. Fizemos uma oficina de música: trouxemos o professor de música Mauro Portugal, nosso convidado, que tocou violão, fez um trabalho sobre sons do corpo e falou sobre a riquesa da nossa cultura musical. Após a oficina prática, este texto serviu de base para nossa reflexão.
Beijos e boa leitura!
Eliete Nascimento.


MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

FALANDO DE MÚSICA
“Freqüentemente a música é considerada mera distração, quando na realidade, ela é a expressão mais íntima de todos nós. As atividades artísticas constituem formas do indivíduo evidenciar suas emoções e exercer seu pensamento. A música acaba se destacando como uma dessas artes, estimulando o impulso vital, a inteligência, a vontade, a imaginação criadora, a sensibilidade e o amor, que são as mais importantes atividades psíquicas de todos os seres humanos, ou seja, a maior particularidade da música é unir, harmoniosamente, o conhecimento, a percepção e a ação.
Para aprender música não é necessário ter um talento especial. Isso pertence a todos. E um dos principais deveres da escola é o de assegurar a igualdade de oportunidade para que todo aluno tenha acesso à música e ser educado musicalmente, não importando o ambiente sociocultural de origem.
A música é um dos maiores estímulos para a ativação dos circuitos do cérebro; o objetivo da música na escola é musicalizar, ou seja, tornar o aluno receptível e sensível ao fenômeno sonoro. Desenvolver a criatividade do aluno utilizando elementos simples do cotidiano, desmistifica a idéia de que trabalhos criativos precisam de grandes elementos para a sua confecção; e isto também se aplica à música!
Apesar de haver grandes dificuldades para se trabalhar o tema “música”, principalmente nas escolas públicas, o maior alvo do professor deveria ser o de fazer com que o aluno construa uma forma de pensamento crítico. Torna-se necessário criar e/ou descobrir meios disponíveis de emergência, para não se deixar levar pelas dificuldades e falta de recursos, levando-nos a uma atitude apática de não fazer nada, além de usar a própria dificuldade como desculpa.”
(Trecho de artigo de Riane da Costa Gomes, professora de educação musical da Rede Municipal de Ensino.)

MÚSICA e EDUCAÇÃO INFANTIL
É necessário que a professora dê à criança a oportunidade de “viver” a música, apreciando, cantando, criando, movimentando o corpo. A música, associada à expressão corporal, pode ajudar o aluno a descobrir o seu próprio ritmo, ordenar a motricidade excessiva e harmonizar movimentos. Todo ser humano possui um ritmo vital, que pode ser descoberto ou educado ritmicamente através de atividades ligadas a musicalização.


A MÚSICA “DA HORA”
A música pode ser utilizada como elemento sensibilizador e marcador cronológico, auxiliando o aluno na construção e organização dos conceitos de tempo e espaço. Por isso, é importante o uso de canções que servem para marcar o início, final ou execução de determinadas tarefas, como hora da história, merenda, higiene etc. Nessas horas, principalmente nos ambientes externos, a música faz com que o aluno se sinta “parte daquele grupo”, auxiliando a professora com a disciplina e formação de hábitos.
A utilização da música como forma de marcar os tempos de transição é uma das práticas comuns nas escolas de educação infantil: “Para marcar a transição entre o tempo de trabalho e o tempo de organização, os educadores usam diversas estratégias com a finalidade de motivar e apoiar as crianças na transição de um momento da rotina para o seguinte: uma sineta, um pandeiro, uma música ” (in, ZABALZA, M. Qualidade em Educação Infantil)
Esta é uma das formas de se utilizar a música na educação infantil, mas restringir a música a estes momentos significa “tolher” o potencial criador dos alunos e tirar-lhes a oportunidade de conhecer a nossa vasta e rica cultura musical.

MÚSICA “ALÉM DA HORA”
É extremamente importante desenvolver atividades de educação musical em formas de jogos e brincadeiras, afinal, estamos falando de Educação Infantil!
A iniciação musical deve ser realizada em forma de brincadeiras, valorizando o lúdico e o prazer.
A utilização de cantigas e brincadeiras folclóricas ao longo do ano enriquece as atividades de iniciação musical. Com um folclore rico como o nosso torna-se um “desperdício” trocá-lo por canções puramente comerciais ou reproduções de músicas do folclore estrangeiro por artistas brasileiros (aqueles bem conhecidos do público infantil mas de qualidade musical duvidosa). Não devemos, com isso, excluir totalmente este tipo de música, pois elas fazem parte do universo musical e ambiente social do aluno, mas como EDUCADORES, temos o dever de oferecer educação de qualidade em todos os aspectos, além de contribuir para a formação de um olhar crítico à cultura massificada.
As sugestões de atividades estarão organizadas em fichas para melhor manuseio e auxiliar no planejamento.
As atividades de iniciação musical possuem como objetivos desenvolver e/ou ampliar:
 Senso rítmico;
 Linguagem oral e articulação;
 Expressão corporal;
 Memória auditiva e visual;
 Experiências com o corpo;
 Enriquecer o repertório musical;
 Atenção, concentração e controle;
 Livre expressão criadora;
 Hábitos e atitudes com relação ao uso de instrumentos musicais;
 Construção da orientação espaço-temporal;
 Coordenação motora;

TRABALHANDO COM INSTRUMENTOS

Antes do trabalho com os instrumentos é necessário ter explorado outras formas de iniciação musical como barulhos do corpo, pesquisa de sons, criação de sons com objetos diversos (papéis, blocos, folhas secas), observação dos barulhos na natureza e do ambiente etc
O uso dos instrumentos musicais deve ser feito gradativamente. Primeiro, é preciso fazer com que a criança os conheça. Em rodinha, apresente um determinado instrumento, deixe que cada criança pegue, aperte, sinta o cheiro, veja se é duro ou mole, se é de metal, de plástico etc. Comece com um instrumento por dia. Deixe que a criança perceba que som faz aquele instrumento, fale o nome.
É extremamente importante conversar com os alunos sobre os cuidados que devemos ter com os instrumentos: guardar cada coisa no seu lugar, e os cuidados de manuseio. A disciplina da professora para reforçar esses cuidados é fundamental e a utilização politicamente correta dos equipamentos é bem-vinda!
Beijos e bom trabalho!

Eliete R do Nascimento
(Coordenadora Pedagógica)

6 comentários:

  1. Hoje fui na minha ex-escola Barbara Ottoni e, à noite procurando pela Escola Na net vi seu site. Mantenha o bom trabalho lá. Cuida bem da minha escola querida em que fui tão feliz nos anos de 1973/74.
    Um abraço
    Osvaldo Caninas

    ResponderExcluir
  2. Olá! Sou Maria de Jesus e Thosco é o apelido do meu marido.
    Pesquisando artigos sobre "a música como ferramenta pedagógica"(título da minha monografia) me chamou a atenção seu artigo. Gostei muito do seu trabalho. Meu sonho é expor aos atuais profissionais da educação (professores/mestres/pedagogos)e principalmente aos futuros o quanto a música é preciosa para todas as Áreas do Conhecimento. Que com as as letras pode-se alfabetizar, filosofar, trabalhar gramática, Literatura, História, Geografia...
    Por favor, preciso de ajuda. Sendo possível, me envie algumas idéias, referências bibliográficas.
    Muito obrigada. O PAI do Céu sempre estará contigo. Um abração, M. de Jesus.
    18/01/2009
    larocha2610@yahoo.com.br
    Campo Largo - Paraná

    ResponderExcluir
  3. parabens pela a produção do ensino da música.

    ResponderExcluir
  4. muito bom seu trabanho com as criannças...parabens

    ResponderExcluir
  5. ótimo, tudo o q eu keria p trabalhar em htpc.bjus

    ResponderExcluir
  6. Eliete, meu nome é Mariza Cordeiro, sou aluna do último ano do Magistério no Colégio Estadual Dr. Feliciano Sodré em São Pedro da Aldeia. Minha professora Lidiane, de Conhecimento Didático e Pedagógico da Educação Infantil, me passou um trabalho que envolve música, e não estou conseguindo encontrar material adequado. Peço sua ajuda, se possível for, pois li no seu blog que você se tornou Diretora de uma creche e sei que o tempo se torna escasso devido a muitas atribuições que o cargo implica, de me informar 15 músicas e 15 Brincadeiras que posso trabalhar na Educação Infantil, para fechar o meu trabalho. Meu Email é AGHATINHA@HOTMAIL.COM De ante mão, lhe agradeço a ajuda que está me dando. Muito obrigado e que DEUS continue abençoando a você e suas famílias(casa e escola). Um forte abraço.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante!